Diarreia em cachorro: quais podem ser as causas?

A diarreia em cachorro é bem comum, mas requer cuidados por parte dos donos, já que ela pode trazer consequências para a saúde do animal se não for tratada adequadamente. 

São vários os motivos que podem provocá-la e, por isso, todo tutor precisa ficar atento.

É importante dizer que ela não é uma doença e, sim, uma condição pela qual o seu animal está passando, ou seja, é uma disfunção no processo normal de defecação.

Ela pode ter origem orgânica ou ser desencadeada por um fator externo, sendo passageira ou demorada. 

Se você está passando por isso junto com seu.dog, continue lendo nosso post e saiba quais podem ser as causas de diarreia em cachorro e o que fazer nesses casos.

O que pode causar diarreia em cachorro? 

A diarreia em cachorro pode se desencadear a partir de uma simples atitude, como a troca de ração, ou ser sinal de alguma doença mais séria. 

As principais causas são:

Estresse

Vários são os motivos que levam um cachorro a ficar estressado e um deles é o fato dele ficar muito tempo sozinho. 

Mudanças de casa ou perda de alguém que ele gostava também levam ao estresse e a diarreia pode ser um dos sintomas

Alimentação

Algumas vezes, a simples troca da ração pode ser um desencadeante para que aconteça a diarreia em cachorro. 

A troca de ração deve ser feita de forma gradual, como mostramos nesse post.

Outras vezes, por mais que os donos cuidem, os animais lambem e pegam restos de alimentos da rua ou mesmo em casa, o que pode também ser uma causa.

Restos de alimentos deixados em calçadas podem provocar uma intoxicação que também pode ter como consequência a diarreia. 

Todo alimento que o cachorro não está acostumado ou que seja inadequado, pode vir a causar algum problema intestinal. 

A intolerância a algum alimento que o dog consome também pode ser uma causa da disfunção.  

Parasitas intestinais

Em contato com o exterior, cachorros têm o hábito de lamber e ingerir o que encontram pela frente, inclusive água contaminada.

O simples toque com a boca em qualquer local ou objeto pode transmitir parasitas que se instalam no aparelho digestivo, causando doenças que apresentam a diarreia como sintoma. 

Os parasitas podem desencadear:

Por isso, mantenha o vermífugo do seu pet sempre em dia e não se esqueça das consultas regulares ao veterinário de confiança para evitar riscos desnecessários.

Vírus e bactérias

Assim como nos humanos, algumas viroses também podem ser a causa de diarreia em cachorro. 

Algumas delas são consideradas graves e podem levar o animal à morte. 

As mais comuns são: 

É importante alertar que os filhotes são mais vulneráveis aos parasitas e às viroses, e precisam de maior atenção, em especial a respeitar o tempo de vacinação para saídas e passeios.

Doenças 

A diarreia em cachorro também pode ser sinal de outras doenças. 

Ela pode ser consequência de doenças de:

  • rins,
  • fígado,
  • intestino,
  • câncer, 
  • doenças endócrinas, 
  • etc. 

O pastor alemão, por exemplo, é uma raça que tem maior predisposição a manifestar  doenças endócrinas e pode apresentar a diarreia como sintoma.

As doenças renais e hepáticas são mais comuns em cachorros idosos e também podem ter a diarreia como consequência. 

Quando devo me preocupar? 

Claro que se seu pet está com diarreia é porque tem algo de errado com ele, mas se você observou que ela foi causada pela mudança da ração ou por um estresse, por exemplo, não tem muito com que se preocupar caso ela seja rápida, passageira e não apresente nenhum outro sintoma no seu amigo.

Caso seja seu caso, cuide da hidratação oferecendo água para ele e tente mantê-lo tranquilo.

No entanto, você deve procurar um veterinário em caráter de urgência caso a disfunção continuar ou perceber um desses sintomas no seu cachorro:  

  • febre,
  • dores,
  • vômito,
  • cachorro não quer comer
  • fraqueza,
  • cansaço,
  • palidez na gengiva,
  • sangramento ou muco nas fezes,
  • muito esforço para evacuar mesmo com diarreia,
  • frequência alta com que ele evacua.

Anote todas as situações que você observou (tanto nas fezes, no número de vezes que o seu cachorro evacuou e no comportamento dele), isso ajudará seu veterinário no diagnóstico.

Agora que você soube mais sobre diarreia em cachorro, que tal ler nosso post sobre como saber se o meu cão está sentindo dor?!