Quais cuidados devo ter ao mudar a ração do meu cachorro?

O mercado atual disponibiliza uma grande opção de rações para que você possa escolher qual é melhor para o seu cachorro, onde tanto tamanho, raça e até mesmo idade são considerados pelos fabricantes.

Se você achou uma ração melhor para seu cachorro, há alguns cuidados que você deve ter ao fazer a mudança para que não haja rejeição pela parte do animal ou não comprometa a sua saúde.

Talvez você não tenha notado, mas o nosso portal tem uma parte dedicada para a alimentação do seu cachorro, onde você pode tirar dúvidas sobre a diferença entre ração premium e super premium e até mesmo sobre o uso de ração a granel.

Então, se você ainda está no processo de escolha da ração do seu cachorro, não deixe de dar uma passadinha nessa parte do blog. Agora, se você apenas quer nossas dicas para a transição de ração, continue lendo!

Como fazer a mudança de ração

O primeiro passo é procurar, ao máximo, seguir a mesma rotina de alimentação do seu cachorro, ou seja, manter os horários e até mesmo os locais que são servidas as refeições para os cães.

Pode parecer besteira, mas esse pequeno detalhe faz a diferença para o cão não rejeitar a nova ração, então sempre tente manter a sua rotina.

Uma dica muito importante que eu tenho pra dar, é que a mudança de ração deve ocorrer de forma gradativa, ou seja, havendo uma mistura da ração atual com a nova.

Então, para fazer a mudança da ração do seu cão, você deve ter um pouco da ração atual para que a transição realmente ocorra de forma bem sucedida.

A forma que você deve fazer é ir adequando as porções da ração atual misturada com a nova, gradativamente colocando mais da nova e menos da atual.

Se atente à quantidade! Não é porque você está mudando ração que deve dar menos ou mais, sempre olhe no pacote a quantidade correta e sirva dessa forma:

transição ração de cachorro

É fundamental que você sempre fique atento a como está ocorrendo a mudança de ração, sempre olhando se ele está comendo e como está se adaptando, o que pode ser visto através das fezes do mesmo.

Importante ressaltar que a imagem acima é apenas um modelo para você seguir, podendo colocar por mais tempo a ração atual do que a nova, enfim, você deve adaptar para um jeito que dê certo para você e para seu cão e se possível sempre seguir a orientação do seu veterinário de confiança.

Se você ainda tiver dúvidas sobre esse processo de mudança de ração, deixe um comentário que podemos te ajudar! Não esqueça de compartilhar esse texto com seus amigos!