Descubra se os cachorros podem comer pizza

Dificilmente um tutor cede ao olhar pidão do seu amigo de quatro patas e muitos donos têm dúvidas se cachorros podem comer pizza ou não. 

Ela é irresistível, além de ser considerada o prato para momentos felizes, por isso vive presente na nossa casa, principalmente nos fins de semana quando desejamos uma delícia para comer.

Diz a velha máxima que tudo acaba em pizza e o Instituto ConPizza confirma essa teoria.

Segundo a entidade, estima-se que são vendidas mais de um milhão e meio de unidades dessa gostosura por dia.

Quando ela chega na sua casa com certeza seu pet sente o aroma e fica olhando para você implorando um pedacinho, então vem a frequente pergunta: será que posso dar um pedaço para ele?

Quer saber se seu pet pode comer o prato mais consumido do mundo? Leia e confira.

Cachorros podem comer pizza?

Talvez você não tenha resistido ao olhar pidão do seu pet e até já tenha oferecido um pedaço dessa delícia, sem saber ao certo se cachorros podem comer pizza ou não.

Existem algumas comidas humanas que seu pet pode ingerir sem problemas, mas a pizza não deve ser oferecida a ele.

Ela é um alimento que:

  • contém uma quantidade abundantemente de sal,
  • é carregada de acidez,
  • tem gordura em excesso,
  • é rica em carboidratos.

Precisamos concordar que todos esses ingredientes não são benéficos ao organismo humano e são altamente prejudiciais para o seu pet.

Sem contar que a massa é fermentada, o molho geralmente contém cebola e alho, além de recheios como o chocolate, pepperoni e pimenta, que podem trazer danos mais sérios, como a intoxicação.

Nem mesmo um pedacinho? 

Quando o coração do dono pergunta se cachorros podem comer pizza é porque, no fundo, ele não quer deixar seu cachorro triste e está querendo saber: mas será que nem um pedacinho posso dar?

O ideal é não oferecer nada para ele.

Se você pensa em dar uma fatia apenas da massa, lembre-se que essa parte é rica em gorduras, o que pode contribuir para a obesidade dos animais.

A massa também contém fermento, deixando o animal vulnerável ao desconforto e dores abdominais. 

Um pedacinho da pizza tem excesso de sal e pode provocar danos aos rins, já a acidez desencadeia vômitos ou diarreia.

Sem contar as reações que cada tipo de recheio pode causar. Alimentos muito condimentados, por exemplo, podem ocasionar prisão de ventre.

O que fazer caso o cão coma pizza escondido?

Agora a sua dúvida já não é mais sobre se cachorros podem comer pizza ou não e sim, o que fazer caso eles ingiram um pedaço escondido, não é mesmo?

Nós sabemos que cães são uma espécie super inteligente e vão tentar comer uma parte escondida de você.

O certo é evitar que isso aconteça, mas, caso ele consiga alcançar uma fatia e comer uma quantidade dela, não se apavore. 

Para maior segurança, você pode ligar para o veterinário, explicar o que aconteceu e ele dará as devidas orientações.

Geralmente, nessa hora se recomenda ficar atento aos sinais do cão. Caso ele apresente alguma reação, o ideal é levá-lo para consulta e exames. 

Em alguns casos, podem ocorrer complicações e seu amigo desenvolver gastroenterite, pancreatite ou até mesmo apresentar alguma consequência renal. 

Agora que você sabe se cachorros podem comer pizza, que tal continuar a leitura e descobrir o que fazer em caso de intoxicação alimentar com seu pet?