Quantas vezes a família está reunida para uma refeição e nosso dog está circulando de olho nos alimentos que estão sendo servidos? A salada normalmente é posta antecipadamente e daí surge a dúvida: será que cachorro pode comer tomate?

A salada de tomate é muito tradicional nos lares brasileiros e são poucas as pessoas que não gostam desse fruto que é confundido como sendo um legume.

Alguns consideram que o tomate pode ser um veneno para nossos peludos, o que não corresponde à verdade, desde que alguns cuidados sejam tomados.

Muitos cães apreciam o alimento e gostariam de devorá-los em grandes quantidades, no entanto, isso é altamente prejudicial ao seu organismo.

Nesse post vamos avaliar se cachorro pode comer tomate e quais os cuidados que se deve ter com esse fruto saboroso. Continue lendo e confira!

Meu cachorro pode comer tomate?

Sim, o seu cachorro pode comer tomate.

Apesar de ser muito saudável para os humanos, os tomates precisam ser servidos da maneira correta aos cães, que possuem organismos diferentes dos nossos.

Todos os tipos de tomates naturais são válidos, no entanto, os molhos e ketchups industrializados não devem ser servidos aos nossos amigos.

No caso de tomates enlatados, é comum que eles possuam conservantes, o que também é inapropriado para o animal, portanto, fique com os naturais e elimine todos aqueles que foram processados industrialmente.

Cuidados ao dar tomate para cachorro

Apesar de ser recomendável a adoção do tomate na dieta dos cães, alguns cuidados são essenciais para manter a saúde dos nossos amigos.

O primeiro ponto a ser observado é se o fruto está maduro.

Os tomates verdes possuem concentração elevada de uma substância chamada glicoalcalóide que é tóxica para os cães.

A medida que os frutos amadurecem essa substância diminui, portanto, é imprescindível que estejam maduros antes de serem servidos aos cachorros.

Para reconhecer se o fruto está maduro é muito simples, ele precisa estar completamente vermelho.

O consumo de tomates verdes podem levar os peludos as seguintes situações:

  • tremores,
  • convulsões,
  • arritmia cardíaca.

Outro fato importante a ser observado é que esses frutos devem ser dados aos cães como petiscos em pequenas quantidades.

Uma observação que não deve ser esquecida é que cachorro pode comer tomate se esses estiverem sem as sementes, pois elas também contêm toxinas que podem prejudicar a saúde dos cães.

Quais os benefícios do tomate para a dieta do cão?

Diferente do que muitos pensam, o tomate não é venenoso para os cães, muito pelo contrário, esse fruto contém propriedades que fazem muito bem a saúde, tais como:

  • é rico em licopeno, um agente anticancerígeno,
  • contém vitaminas A, B e C,
  • possui sais minerais, como fósforo, potássio, cálcio e magnésio.

O tomate maduro contém fibras, que contribuem com o processo digestivo dos cães, além de ajudar a manter um metabolismo estável.

Outro fato positivo é que esse fruto possui bastante água, o que ajuda na hidratação, evitando, por exemplo, as infecções urinárias. Por produzir um efeito diurético e depurativo, também são excelentes opções na eliminação de toxinas, mantendo o funcionamento da atividade renal.

Portanto, o tomate ajuda a prevenir doenças, além de fortalecer músculos, dentes e ossos.

Desde que se obedeça às recomendações de ser servido em quantidades pequenas, oferecer tomate para o seu cão pode e deve ser uma prática comum.
Agora que você já sabe que cachorro pode comer tomate, confira quais são os 10 alimentos que cães não podem comer!