Como fazer uma dieta crua para cães?

A dieta crua para cães é um assunto que ainda divide muitas opiniões.

A origem desse tipo de alimentação remete ao estilo de vida dos ancestrais dos cães antes de serem domesticados, os lobos.

Uma das principais justificativas para adotar essa dieta são os malefícios dos alimentos industrializados, levando os tutores a optarem por alimentos in natura.

Para ajudar você a entender um pouco mais sobre o assunto, preparamos esse post explicando o que é a dieta crua para cães, os principais benefícios dela e possíveis riscos. Confira!

O que é uma dieta crua para cães?

Conhecida também como BARF (Biologically Appropriate Raw Food), é uma dieta biologicamente apropriada para cães que consiste em incluir alimentos consumidos por seus antepassados selvagens.

Ela se baseia na ingestão de carne de músculos, carne de órgãos, ossos (inteiros ou triturados), gorduras e outros alimentos que imitam o que seus antepassados consumiam.

Claro que você não colocará seu cão para caçar, consequentemente, é necessário ter alguns cuidados bem específicos.

Caso você não conheça a origem da carne, o ideal é que ela seja congelada a -20 °C durante pelo menos 3 dias antes de servir para matar os possíveis parasitas.

Vale ressaltar que esse congelamento não mata as bactérias e deve ser mantido até o consumo. 

Uma vez descongelada, não deve ser congelada novamente.

A dieta costuma ser equilibrada entre:

  • 60 a 80% de ossos e carnes cruas,
  • 40% ou 20% de frutas e hortaliças, ovos e lácteos.

Mas é fundamental procurar um veterinário especializado em nutrição para fazer a migração da dieta de maneira que não prejudique seu pet.

Quais são os benefícios da dieta crua?

Quando realizada da forma correta e com o acompanhamento de um especialista em nutrição animal, a dieta crua para cães oferece diversos benefícios, como:

Dentes saudáveis e sem mau hálito

As maiores causas do mau hálito nos cães são a ação das bactérias, resíduo de alimentos nos dentes e o consequente tártaro — placa que aparece como consequência da decomposição de restos de alimento a longo prazo.

A constante mastigação de ossos crus ajuda a eliminar a placa de tártaro, fazendo com que você não tenha que escovar os dentes do pet com tanta frequência.

Pelos mais brilhantes

Pelos mais brilhantes e saudáveis provavelmente é uma das mudanças mais aparentes quando adotada a dieta crua para cães.

Isso acontece pela maior ingestão de ácidos gordos que está diretamente ligada a uma melhora na saúde da pele e pelo do animal — diminuindo alergias, inclusive.

Alimentos mais saborosos

A dieta crua para cães conta com opções muito mais saborosas ao paladar canino.

Essa pode ser uma ótima opção quando o cão apresenta dificuldade em consumir alimentos secos, rações ou não se alimenta com a quantidade diária ideal de nutrientes.

Existem riscos da dieta crua para cães?

Apesar de o consumo de ossos na dieta crua para cães ser essencial por ser fonte de cálcio, é também uma das maiores preocupações por parte dos tutores, com medo de que o cão possa quebrar os dentes ou, até mesmo, se asfixiar.

Essa possibilidade realmente existe e, em casos mais extremos, pode perfurar os órgãos internos e levar à morte do animal.

Por isso, uma opção é triturar os ossos

Dessa forma, o cachorro ainda obterá os nutrientes provenientes desse alimento e não corre o risco de engasgar ou quebrar os dentes.

Vale lembrar que se não acompanhada por um profissional, esse tipo de dieta pode causar deficit nutricional. As principais deficiências costumam ser a falta de cálcio e fósforo, podendo levar a fraturas ósseas e problemas dentários.

Para os cães com pancreatite ou outros problemas digestivos, é mais indicada a dieta cozida.

Se o animal estiver com câncer, em tratamento de quimioterapia ou qualquer tipo de enfermidade imunodepressora, não é indicado o consumo de alimentos crus, pois com a imunidade mais baixa, a chance de pegar alguma infecção aumenta consideravelmente.

A dieta crua para cães também não é indicada para filhotes, pois, se o animal não receber a proporção de cálcio e fósforo adequada, ele poderá ter deformidades ósseas e problemas de crescimento.

Lembre-se de sempre consultar um profissional para garantir uma alimentação equilibrada ao seu cachorro!

Gostou de conhecer mais sobre a dieta crua para cães? Então aproveite para conhecer também sobre os benefícios do petisco caseiro para cachorro e como fazer um!