Como escolher o melhor osso para cachorro?

Normalmente, quando nos pedem para associar algum alimento aos cães, a primeira imagem que vem é a de um osso.

Há muito tempo ouvimos falar que os cães são animais que adoram saborear os ossos e que os gatos gostam muito de leite.

Duas informações distorcidas e que muito mais prejudicam do que ajudam nossos bichos de estimação.

Então, por que essa associação do cão com o osso? Será que existe algum tipo ideal? Como escolhê-lo?

Continue lendo nosso post e descubra!

Cuidados que devem ser tomados ao dar osso para cachorro

O consumo dos ossos fazem parte do instinto dos cães, uma vez que são descendentes de lobos que precisavam caçar para se alimentar.

Mas, o que realmente agrada os cães com relação aos ossos é ficar roendo e brincando com eles.

Não faz muito tempo, eles eram dados aos cães em função das dificuldades econômicas que as pessoas tinham em oferecer algo melhor a eles.

Os cachorros, há 50 anos, viviam presos em coleiras e protegiam as casas, latindo e, até mesmo, atacando as pessoas que chegavam por lá.

Os alimentos eram as sobras das famílias e os ossos eram tidos como a parte nobre da alimentação canina, tal qual muita gente vê na carne a nobreza da comida humana.

Assim surge a associação dele com o cachorro.

Mas, os perigos são muitos ao alimentar seu pet com esse tipo de alimento, uma vez que alguns problemas podem levar o animal a óbito.

Os ossos naturais podem causar muitas situações preocupantes aos cachorros, onde podemos destacar:

  • Perfuração do esôfago, em função das partes pontiagudas engolidos pelo cachorro;
  • Possibilidade do cão engolir de inteiro.
  • Desgaste dental em função de serem muito duros.

Por que não dar ossos naturais?

Muitas pessoas acham que o osso cozido é uma alternativa, o que está completamente errado, já que o cozimento o amolece facilitando a sua quebra, o que pode levar a sérios problemas já apresentados anteriormente.

Já o cru também possui um sério problema, por tratar-se de um elemento orgânico, pode transformar-se em um foco de bactérias que podem fazer adoecer o cachorro.

Definitivamente, o osso natural não deve fazer parte da alimentação do seu cachorro e existem excelentes alternativas para substituí-lo.

Como escolher o melhor osso para cachorro?

O melhor osso para cachorro é o artificial que não coloca a vida do seu pet em risco e ele poderá se divertir brincando e roendo.

Para não causar problemas, ele precisa ser maior que a sua boca, evitando que ele engula.

Ele perceberá em seu osso muito mais um brinquedo do que um alimento.

Opte por produtos sintéticos, de qualidade, sem corantes, conservantes ou produtos químicos. O couro ou plástico mastigável são excelentes opções.

Outra opção são os ossos desenvolvidos com ingredientes naturais que podem ser engolidos e não causam problemas gastrointestinais.

Seu cachorro vai adorar e estará livre de complicações em termos de saúde!

Se você deseja saber mais sobre alimentação, leia também o post sobre petiscos naturais para cães.