Como ser um tutor responsável

Para ser um tutor responsável, é preciso ter em mente que você é responsável pela vida de um outro ser e algumas obrigações deverão ser assumidas por muito tempo.

Inclusive, é por isso que tomar a decisão de adotar ou comprar um animal é assunto sério e precisa ser pensado com muita cautela.

Questões como a saúde, alimentação, segurança e amor são apenas alguns dos pontos que um animal precisa para ter uma vida saudável e feliz. 

Tudo isso preserva o bem-estar do seu pet e está previsto em lei para que seja cumprido à risca.

Quer conferir algumas dicas para garantir a felicidade do seu pet e ser um tutor responsável? Continue lendo!

Benefícios de ter um animal de estimação

Ter um animal de estimação traz muitos benefícios para a vida de um tutor responsável. 

São momentos de alegria compartilhados ao lado do animal que fazem com que todo o cuidado, carinho e atenção valham a pena. 

Além dos benefícios emocionais, a presença dos animais de estimação por perto também é capaz de trazer para o tutor responsável vantagens para a saúde, como:

  • fortalecimento do sistema imunológico,
  • redução do estresse,
  • diminuição da sensação de solidão,
  • desenvolvimento de carinho, empatia e afeto,
  • aumento da expectativa de vida.

Dicas para ser um tutor responsável

Para aproveitar todos esses benefícios que um pet pode trazer, alguns pontos precisam ser pensados antes mesmo da adoção ou compra do animal:

Expectativa de vida do animal de estimação

Um tutor responsável não abandona seu animal de estimação porque eles ficaram idosos ou precisam de cuidados especiais. 

Quando decidir ser responsável por um animal, é preciso pensar se a expectativa de vida do pet está de acordo com os seus planos de vida, já que eles podem viver por muitos anos e exigir mais atenção quando ficam idosos.

Os cachorros, em geral, podem viver por 15 anos ou até mais, enquanto os gatos costumam nos acompanhar por até 20 anos.

Oferecer um espaço adequado para o pet

O seu animal de estimação precisará de um espaço para brincar e se divertir dentro da sua casa, além de um local sempre limpo e que não comprometa a sua saúde.

Hoje em dia, os cães e gatos estão acostumados a viver em espaços pequenos, como apartamentos, mas é importante se certificar de que alguns cuidados, como telas de proteção e brinquedos para diversão, estão sendo oferecidos para o pet.

Cuidados com a saúde

Os cuidados com a saúde de um animal de estimação vão desde um check up anual com o veterinário, oferecer uma ração de qualidade, até a rotina de banhos, conferindo sempre se as unhas estão no tamanho adequado e se as orelhas estão limpas.

O tutor responsável também deve vacinar, vermifugar, castrar e oferecer produtos para cachorro e gatos que possam ser necessários ao longo da vida do pet.

Seu estilo de vida combina com um pet?

Para gatos e cães, um tutor com um estilo de vida muito agitado nem sempre é a melhor opção. 

Esses animais demandam mais tempo e atenção do humano, que precisa ter tempo e uma rede de apoio para momentos em que não pode estar com o animal, como em viagens.

Orçamento

A responsabilidade de ter um pet envolve também custos que nem sempre estão previstos no orçamento. 

Os bichos podem adoecer e precisar de cuidados especiais que o tutor responsável deve conseguir arcar.

Além de todos esses pontos, um tutor responsável deve sempre oferecer carinho e amor para os animais que são tão importantes para suas vidas.

Gostou de saber desses pontos? Compartilhe esse post com um amigo que também é um tutor responsável!