Ao preparar uma sobremesa ou fazendo aquele lanchinho da tarde, você, com certeza, já se perguntou se cachorro pode comer maçã.

A maçã é uma das frutas mais consumidas no mundo, marcando presença na casa da maior parte da população brasileira.

Por isso, é normal tutores se perguntarem se cachorro pode comer maçã e se ela apresenta algum benefício para a dieta do cão.

Para auxiliar você, o seu.dog criou um post responder essas perguntas. Continue lendo e confira!

Meu cachorro pode comer maçã?

Cachorro pode comer maçã, sim. Não só pode, como também é indicado!

Como a maçã é uma fruta doce e com bastante água, a maior parte dos cães adora, ela é indicada para substituir os petiscos artificiais.

Vale ressaltar que alguns cães podem ter alergia a alguns componentes da maçã ou simplesmente não gostar. 

Por isso, antes inserir a maçã na alimentação do cão, faça uma consulta a um veterinário de confiança.

Cuidados ao dar maçã para o cachorro

Apesar da maçã ser indicada para consumo animal, alguns cuidados precisam ser tomados.

As sementes da maçã contém cianeto, substância tóxica tanto para os humanos quanto para os cachorros.

A quantidade de cianeto contida em apenas uma maçã é muito baixa para nós, mas para um cão pequeno pode ser significativa e causar problemas para sua saúde.

Por isso, independentemente do porte do seu amigo, é recomendado que as sementes sejam retiradas para evitar riscos.

Além das sementes, as cascas da maçã também pode causar um certo desconforto intestinal, como irritação, diarreia e vômitos.

Por isso, fique atento para as reações do seu cão ao consumir maçã. 

Caso a casca faça mal para ele, retire-a antes de oferecer.

Quais os benefícios da maçã para a alimentação do cão?

Os benefícios da maçã para nossa alimentação também se aplicam ao cão.

A maçã contém fibras que auxiliam na digestão dos alimentos e mantém o intestino saudável.

Além disso, contém vitaminas A, B1, B5 e C, e minerais, como magnésio e potássio.

A vitamina A é ótima para pele e pelos. 

A B1 e B5 auxiliam na digestão dos alimentos e na sua transformação em energia.

Já a vitamina C auxilia a fortalecer o sistema imunológico e a produzir o colágeno.

A maçã também contém uma substância chamada pectina que auxilia na síntese de proteínas e lipídios e regula a absorção de carboidratos.

Como inserir maçã na dieta do meu cachorro?

Como você já deve ter percebido, a maçã oferece vários benefícios para a saúde do cão, desde que ela seja consumida de forma correta.

Ela contém muito frutose, podendo ser prejudicial para cães diabéticos ou com predisposição para isso.

Além disso, busque não dar pedaços grandes, facilitando a digestão e mastigação do cão.

É importante ressaltar, novamente, que cachorro pode comer maçã como petisco e não como uma refeição, por isso, não abuse e siga as recomendações do veterinário de confiança.

Agora que você já sabe que cachorro pode comer maçã, que tal continuar a leitura e saber 4 receitas de petiscos naturais para cachorro?!