Cachorro peludo: como cuidar das madeixas do seu.dog?

Para ter um cachorro peludo, é necessário tomar diversos cuidados específicos a fim de manter a saúde do pet em dia.

Por mais que seja lindo ver aquela pelagem longa e saudável, só quem tem um amigo assim em casa sabe o trabalho que dá para manter a viscosidade e o brilho.

Assim como o ser humano, o cachorro com pelos longos precisa ter uma “rotina capilar” regrada para evitar possíveis alergias, nós e infestações de parasitas como pulgas e carrapatos, já que esse é o local perfeito para eles se esconderem.

Por isso, trouxemos hoje algumas dicas valiosas para ajudar você a cuidar do seu amigo e manter o pelo dele sempre lindo. Confira!

5 cuidados com cachorro peludo

Para esses pets, é necessário ter em mente que a rotina de cuidados deverá ser mais regrada e acompanhada de perto para garantir a saúde e bem-estar do animal.

Reunimos abaixo as principais precauções.

1. Escove diariamente

A escovação diária do cachorro peludo é essencial para evitar a formação de nós, que, muitas vezes, podem levar a ter que raspar o seu pelo por não ter como retirar.

Para evitar isso, basta reservar alguns minutos do dia para escová-los. E, se criar uma rotina, eles sempre estarão macios e fáceis de escovar, sendo possível fazer em pouco tempo.

Atente-se à escova utilizada para não machucar a pele do cachorro. Veja com o veterinário qual é a mais indicada para o tipo de pelo dele e tome cuidado para não colocar força na escovação.

2. Lave com condicionador e máscara de hidratação

Sabia que existem condicionadores e máscara de hidratação especialmente para cuidar de cachorro peludo?

O mercado pet tem crescido cada dia mais e oferecido diferentes produtos para auxiliar no cuidado com nosso melhor amigo.

Ao dar banho no cão, lembre sempre de finalizar com condicionadores e máscaras de hidratação para promover uma pelagem mais macia, sedosa e fácil de escovar.

3. Seque bem ao lavar

Como os pelos longos tendem a sujar com maior facilidade, o ideal é que o banho seja dado com maior frequência também.

Recomenda-se que ocorra a cada 15 dias, já que um intervalo menor pode comprometer a proteção natural da pele do animal.

Após o banho, certifique-se de que os pelos estejam totalmente secos, pois, além de facilitar a formação de nós, a pelagem úmida podem causar alergias e criação de fungos.

Contudo, muitos animais se irritam com os secadores de cabelo, principalmente por conta do barulho, então busque por opções mais silenciosas para tornar esse momento menos estressante para o pet.

4. Faça a prevenção de parasitas

O cachorro peludo tem maior tendência a ter pulgas e carrapatos, já que é o ambiente perfeito para eles se proliferarem.

Com os pelos longos, fica muito mais difícil identificar a existência desses parasitas, que podem causar graves doenças, por isso, é muito importante fazer a prevenção com antipulgas.

Ao notar que o cachorro está se coçando mais que o normal, o ideal é dar um banho e ver se há algo de errado, pois quando ele está molhado fica mais fácil visualizar se há pulgas ou carrapatos.

5. Opte por rações super premium

Cuidar da alimentação é essencial para que os pelos nasçam mais saudáveis, fortes e brilhantes.

Verifique com o veterinário qual a melhor opção para seu cão, mas saiba que as rações super premium oferecem inúmeros benefícios para o cachorro peludo, como o controle da queda dos pelos e maior maciez.

Agora que você já sabe como cuidar de um cachorro peludo, aproveite para conferir como evitar as doenças de outono nos pets.