Quais são as causas da giárdia em cachorro e como tratar?

A giárdia em cachorro causa desconfortos intestinais e precisa ser tratado rapidamente para evitar problemas mais sérios.

Normalmente essa doença está associada às altas temperatura, portanto, ocorrem com mais frequência no verão.

O protozoário portador da doença se prolifera em ambientes quentes e úmidos, período em que os cães passeiam mais, ficando expostos ao parasita e a sua contaminação.

Portanto, muita atenção e cuidado afinal queremos ver sempre nossos amiguinhos saudáveis e felizes, não é mesmo?

Neste post apresentamos as causas da giárdia em cachorro e sua forma de tratamento. Continue lendo e saiba mais a respeito!

O que é giárdia em cachorro?

A giárdia em cachorro, que também pode ser chamada apenas de giardíase, é uma doença causada por um protozoário chamado de Giardia lamblia que também pode infectar os seres humanos, portanto, é fundamental tomar os devidos cuidados para não ocorrer a transmissão da doença para você.

Vale ressaltar que essa enfermidade também é transmissível para aves, anfíbios e outros mamíferos.

A giárdia em cachorro consiste em uma inflamação causada pelo parasita. Ele se instala no intestino do portador e começa a se reproduzir lá.

Isso tem sérios efeitos em todo o trato intestinal, causando dores, vômitos e diarreia intensa.

O problema não acaba aí, pois se a situação não for tratada adequadamente, o parasita lesiona as paredes intestinais, debilitando o portador e em alguns casos levando o cachorro a óbito.

Como ocorre a transmissão?

Se você gosta de biologia, sabe que os protozoários podem possuir vida livre ou viver em associação com outros seres.

Ou seja, eles conseguem sobreviver mesmo fora do corpo de um hospedeiro.

Quando um animal está infectado, ele irá contaminar os ambientes que circula e os itens que utiliza como pote de água e comida, além do local que costuma descansar e dormir.

Portanto, existem duas formas de transmissão: a primeira tem relação ao contato direto entre os cães ou a partir de objetos contaminados. 

A higienização do local de descanso e dos objetos do seu peludo precisa ser realizada frequentemente para evitar esse tipo de problema.

Quais são os principais sintomas?

Como já mencionado o desconforto será rapidamente percebido pelos tutores no caso da doença, no entanto, fique atento aos principais sintomas da giárdia em cachorro:

  • diarreia intermitente (com períodos de melhora e retorno do problema),
  • fezes com sangue e/ou com muco,
  • náusea,
  • sensibilidade abdominal,
  • perda de peso,
  • desidratação,
  • vômito.

Diante de todo esse quadro, o seu cão ficará abatido e fraco, portanto, não espere para ver se melhora, busque recursos veterinários imediatamente tão logo perceba o problema.

Como é feito o tratamento?

Para tratar a giárdia em cachorro é imprescindível um acompanhamento veterinário, quando o profissional, após o exame e a localização do problema, irá através de antibióticos e antiparasitários remover completamente os protozoários.

No entanto, não esqueça de higienizar e esterilizar todo o ambiente do cão, bem como os objetos como brinquedos, potes, travesseiros, cobertas e tudo aquilo que possa estar infectado.

Enquanto o foco da infecção (o parasita) não for completamente eliminado, o seu cão e todos aqueles que tiverem contato com ele, estarão sujeitos à doença, portanto, agir rapidamente é a melhor opção.

Agora que você já sabe a respeito da giárdia em cachorro e como resolver o problema, assine a newsletter do seu.dog e receba outros posts com informações interessantes com relação ao seu melhor amigo!