Quais são as doenças de cachorro mais comuns e como evitá-las?

As doenças de cachorro precisam ser conhecidas pelos seus tutores, para que se possa preveni-las ou reconhecê-las quando necessário.

Certamente em algum momento você já deve ter se deparado com o seu amigão triste e solitário, ou com um comportamento diferente do habitual. 

Essa situação faz com que fiquemos preocupados, pois, ele pode estar com algum problema e é preciso tomar providências para que a situação não se agrave.

Como ele não sabe dizer onde dói e o que está sentindo é importante que conheçamos as principais enfermidades e é isso que faremos nesse post.

Continue lendo e saiba quais são as doenças de cachorro mais comuns e o que pode ser feito para evitá-las!

Quais são as doenças de cachorro mais comuns?

São muitas as doenças de cachorro que podem causar problemas, principalmente em função de sua boca e nariz estarem o tempo todo em contato com tudo o que existe no meio ambiente. 

No entanto, cinco delas são bastante comuns e podem ser evitadas a partir de medidas simples e fáceis de serem realizadas, vamos conhecê-las:

Parvovirose

A parvovirose é uma doença contagiosa, portanto, o contato com locais e cães doentes pode transmiti-la para o seu cachorro.

Ela é causada por um vírus, causando vômitos e diarreia e levando o cão a um sério estado de desidratação.

Para evitá-la, não esqueça das vacinas que o seu cão deve tomar, já que na primeira delas existe o neutralizante deste vírus, evitando que o animal venha a ter parvovirose.

Otite

A otite é uma doença que ocorre no ouvido dos cães e é bastante comum. 

Além de incomodar e causar muita coceira, ela é percebida em função do aumento de secreção no ouvido do cachorro. Podem ser causadas por:

Elas podem ser profundas ou superficiais e precisam ser tratadas para evitar que se agravem. 

O caminho, sem dúvida, é a consulta ao veterinário que saberá examinar e apresentar o melhor medicamento para resolver a situação.

Alergias alimentares

Grande parte das comidas humanas não podem fazer parte do cardápio dos cães como chocolate, uva, abacate, cebola e outras.

Além disso, as rações podem conter alguma substância que pode causar alergia e causará problemas que podem se tornar sérios, se não forem verificados a tempo.

Os cães com alergias alimentares apresentam quadros como:

  • problemas de pele,
  • apatia,
  • vômitos,
  • diarreia,
  • fraqueza,
  • irritação nos olhos.

A saída é trocar a ração e excluir os alimentos proibidos do cardápio do animal.

Sarna e carrapato

Outro problema sério nas doenças de cachorro são os parasitas, como a sarna e o carrapato.

Os cães quando infectados através de contágio, precisam ser tratados rapidamente, pois os problemas resultantes são graves, como:

  • anemia,
  • insuficiência renal,
  • hemorragia,
  • inflamações oculares.

Os cachorros têm mudanças comportamentais e alterações neurológicas quando infectados e o tratamento se dá através de medicação apropriada ao estágio em que a doença se encontra. Portanto, o veterinário é indispensável.

Vermes

Outro grande incômodo da lista de doenças de cachorro são os vermes.

Esses parasitas se instalam no organismo, especialmente nos intestinos, mas também podem estar no fígado, pulmões e cérebro.

Normalmente o contágio se dá em locais com alta precariedade de higiene e falta de saneamento básico, portanto, são nesses ambientes que o seu cão não deve circular.

Os sintomas mais comuns são:

  • pelagem opaca,
  • fezes com sangue ou muco,
  • perda de peso,
  • coceira anal,
  • fraqueza.

A prevenção se faz através da higiene dos ambientes e do próprio cão e o tratamento para a doença é via medicamentos conhecidos como vermífugos, que precisam ser prescritos a partir de exames em uma clínica veterinária.

Essas enfermidades são comuns e existem reais possibilidades do seu cachorro contraí-las, no entanto, os cuidados e a higienização são as principais armas para combatê-las, além é claro da visita ao veterinário regularmente para uma avaliação.

Agora que você já conhece as principais doenças de cachorro, siga o seu.dog no Instagram e saiba mais curiosidades do mundo dos cães!