Como transportar cachorro corretamente?

O Código Brasileiro Trânsito regulamenta as regras de como transportar cachorro corretamente nos veículos e em caso de infração o motorista pode ser penalizado. 

As companhias aéreas precisam obedecer normativas e exigir dos proprietários o cumprimento das mesmas, independente do trajeto realizado. 

O passeio diário com os dogs também deve seguir algumas recomendações tanto para a segurança dele como das pessoas e outros animais próximos. 

Quer saber como transportar seu cachorro corretamente? Continue lendo nosso post e saiba mais!

Segurança em primeiro lugar!

Independentemente se for uma volta no quarteirão ou uma viagem para outro país, sempre devem ser priorizados a segurança e o conforto do seu animal durante o trajeto. 

A exemplo de uma criança, o seu pet precisa de cuidados ao sair para passear e a regra básica de como transportar cachorro corretamente é nunca levá-lo solto onde quer que você vá com ele. 

Para isso, o mercado oferece os mais variados acessórios de transporte para todos os portes e situações. 

Como transportar cachorro?

É comum o tutor pensar que por ser uma distância curta para ir de carro ou só uma voltinha na quadra ela pode ser feita de qualquer jeito. 

Sair sem a devida segurança pode colocar em risco a vida do seu cachorro e das pessoas ao redor. 

Confira como transportar cachorro sem riscos e desconfortos: 

No carro 

Cachorros adoram ficar na janela do carro pegando vento e muito provável você já deixou ele curtir esse momento. 

Mas, ele corre sérios riscos nessa situação e se o veículo for parado o motorista será multado no valor de R$ 85,13 e receberá uma punição de 4 pontos na CNH.

Animais soltos dentro do carro trazem riscos, pois podem pular e desviar a atenção do motorista. 

Trafegar com cachorro sem estar preso pode render uma multa de R$ 53,20 e três pontos na carteira.

Motoristas que forem pegos transportando animais à sua esquerda ou entre os braços e pernas receberão multas de R$ 130,16 e quatro pontos na carteira. 

Para garantir a segurança de todos no carro o ideal é usar o cinto apropriado para animais que será acoplado ao acessório já existente no veículo e dá a possibilidade de movimentação ao animal.

Se o bicho não se adaptar muito bem ao cinto ou for mais rebelde, a outra opção é a caixa para viagem. Ela deve ser do tamanho que permita ao cachorro se movimentar dentro dela, para conseguir deitar, por exemplo.

Caixas e cintos são encontrados na maioria dos pets shops e são as melhores opções para os pets que desejam cumprir as normas de como transportar cachorro corretamente.

Avião 

Para viagens de avião não existem opções de como transportar cachorro, ele sempre deverá permanecer em uma caixa apropriada, chamada de kennel que pode ser comprada em lojas especializadas.

O que o tutor poderá escolher é se o animal vai viajar ao seu lado na cabine ou no bagageiro e isso dependerá da idade, raça e porte do cachorro e das normas de cada companhia aérea. 

Independentemente das regras de cada companhia a caixa precisa:

  • ser resistente, 
  • contar com uma trava de segurança,
  • ter ventilação apropriada, 
  • possuir um tamanho que permita o animal se movimentar, 
  • proporcionar conforto.

Andando 

Boa parte dos estados brasileiros mantém uma legislação proibindo que determinadas raças de cachorro, consideradas mais violentas, circulem nas ruas sem focinheira e coleira. 

Ainda existem estabelecimentos que proíbem a circulação de animais e quando necessário uma boa opção é o uso do carrinho para cachorros

Em relação aos de pequeno porte, o ideal é que também seja utilizada a coleira na hora do passeio para garantir a segurança do animal e das demais pessoas. 
Agora que você sabe como transportar cachorro corretamente que tal seguir o seu.dog no Facebook e obter mais dicas de como cuidar do seu melhor amigo?