Saiba como cuidar de cachorro recém-nascido!

Além da expectativa para conhecer os novos membros na família, é bem comum as pessoas terem dúvidas de como cuidar de cachorros recém-nascidos quando eles chegam. 

É importante saber que quando o parto é normal e a cadela consegue ficar com o filhote, geralmente ela se encarrega de boa parte dos trabalhos nas primeiras semanas.

Mas isso nem sempre é possível e muitas vezes o cãozinho precisa ser separado da mãe logo em seguida.

Nessa hora é preciso cuidado especial com o dog. Quer saber como cuidar dele? Continue a leitura.

Como cuidar de cachorro recém-nascido?

Um dos primeiros detalhes para quem está buscando informações sobre como cuidar de cachorro recém-nascido é que geralmente eles nascem com os olhos fechados.

E permanecem assim entre 10 a 15 dias, por isso, não tente abri-los. 

Outro fator importante é cuidar para que ele não fique exposto à luz forte porque mesmo depois de abertos, os olhos são bem sensíveis nas primeiras semanas.

De forma geral, ao ter um filhote recém-nascido em casa é preciso que você:

Crie um ambiente quente

Nas primeiras semanas eles não conseguem manter a temperatura do corpinho, mas isso, geralmente, é realizado pelas mães que sempre estão próximas.

Em caso de separação, é preciso criar um ambiente aconchegante e quente para que ele não tenha hipotermia.

Você pode fazer um espaço bem aconchegante com cobertores e melhorar o calor do local com o uso de uma bolsa quente. 

Dois detalhes importantes:

  • a caminha deve ficar protegida e isolada do piso frio. Isso baixaria mais a temperatura dele, 
  • a bolsa quente não deve ficar próxima de onde ele está, para evitar contatos e machucados.

Não esqueça de manter esse local sempre higienizado e que depois de algumas semanas o seu filhote precisará de um banho.

Amamente regularmente 

Outro detalhe para quem está aprendendo a como cuidar de cachorro recém-nascido é em relação à amamentação.

O ideal é você consultar um veterinário para orientar a quantidade certa, mas, geralmente, ele mama a cada duas ou três horas e à medida que cresce, esse intervalo tende a aumentar.

O mercado pet disponibiliza mamadeiras e leite específico para esses filhotes.

Alguns médicos orientam a inclusão de alimentos moles com mais ou menos um mês.

O importante é você sempre prestar atenção se de fato ele está ganhando peso e se ele está fazendo suas necessidades fisiológicas.

Na dúvida, sempre converse com o veterinário. 

Fique atento a mudanças no comportamento

Nos primeiros meses é comum ele chorar, principalmente pela separação da mãe, mas fique atento para se certificar se realmente esse é o motivo.

Além disso, seu.dog pode estar chorando por dor, desconforto causado por algum outro motivo, por isso, verifique se o local onde ele está não tem vestígios de sangue, diarreia ou vômito, por exemplo.

Os filhotes, nas primeiras semanas, realizam as necessidades fisiológicas estimulados pelas lambidas da mãe na região genital, e quando isso não acontece, eles podem sentir cólicas ou dores. 

Para ajudá-lo, use um algodão umedecido e passe na região simulando as lambidas. Isso deve ser realizado umas dez vezes por dia, durante as primeiras semanas.

Socialize com os irmãos 

Nem sempre será possível, porém, para quem está aprendendo a como cuidar de cachorro recém-nascido, o ideal é que nas primeiras seis semanas ele não seja separado da mãe. 

A socialização é muito importante para o seu desenvolvimento saudável e seguro. Por isso, quando der, deixe-o com a mãe e com os irmãos o máximo de tempo possível, para depois separá-lo.

Visite o veterinário 

Independentemente de com quantas semanas você levou o seu filhote para casa, o ideal é contar com a orientação de um veterinário para proceder todos os cuidados com mais segurança.

A mesma recomendação serve para quando surgir qualquer dúvida sobre a saúde e comportamento dele nessa primeira fase com você.

No mais, é curtir esse momento fofo, porque cada fase junto dele é cheia de descobertas e alegrias.

Agora que você aprendeu como cuidar de cachorro recém-nascido, que tal continuar no blog e conferir algumas dicas super legais para escolher um nome para cachorro?