Para aquilo que chamamos de bigode de cachorro, existe uma palavra que amplia o seu entendimento e importância: vibrissa.

As vibrissas também são conhecidas como pelos táteis, uma vez que funcionam como uma antena que possibilita ao cão a percepção das coisas.

Por meio desses pequenos fios, que parecem um bigode,  os cachorros conseguem localizar coisas, proteger os olhos, medir espaços e encontrar objetos próximo sem utilizar a visão.

Esses pelos, diferentes de todos os outros, existem em diversas partes da cabeça do cão, e são chamados de vibrissas:

  • supraciliares,
  • labiais,
  • do queixo,
  • mandibular,
  • zigomático (bochechas).

Neste post apresentamos o bigode de cachorro, suas funções e porque são tão importantes para o cotidiano dos nossos amigões. Continue lendo e saiba mais a respeito!

O que é o bigode de cachorro?

O bigode de cachorro, na verdade, são vibrissas, ou seja, órgãos sensoriais que transmitem vibrações e que ajudam esses peludos a perceberem o mundo ao seu redor.

São prolongamento dos pelos que parecem não possuir uma utilidade e que muitas pessoas acabam cortando para melhorar a aparência do animal, pensando que estão colaborando com a sua higiene.

Afinal, qual a função do bigode de cachorro?

Com esses bigodes, que são mais espessos do que os outros pelos, eles conseguem perceber, através da corrente do ar, as dimensões de objetos próximos.

Também é assim que eles conseguem distinguir o tamanho de espaços, mesmo em ambientes escuros.

Além disso, as vibrissas supraciliares protegem os olhos dos cachorros, fazendo-os piscar assim que entram em contato com qualquer objeto sólido.

Portanto, o que aparentemente não serve para nada é fundamental para o cão, que utiliza esses fios como ferramentas de auxílio no seu cotidiano.

Posso cortar o bigode?

Não se deve cortar o bigode de cachorro, uma vez que isso irá prejudicar sua sensibilidade, impossibilitando que tenha percepções sensoriais através das vibrissas.

Por exemplo, muitas vezes os cães não conseguem perceber quando lhe é oferecido no chão algum petisco

Isso se dá em função do ponto cego que os cães possuem, pois, seus olhos ficam impossibilitados de enxergar o alimento em função do focinho.

No entanto, perceba que ele localiza o alimento quando apontamos, já que o seu bigode entra em contato com o petisco e o ajuda a perceber e medir a distância para alcançá-lo, além, é claro, do seu olfato, que é muito superior ao nosso.

No momento em que o fio toca no alimento, o cachorro recebe a informação, fazendo às vezes de nossas mãos, quando estamos apalpando objetos em lugares escuros.

Portanto, nada de fazer a barba e muito menos cortar as vibrissas que protegem os seus olhos.

Mas se por algum descuido o bigode de cachorro for cortado ou se você adotar um cão que venha sem os pelos táteis, não se preocupe.

Os fios voltaram a crescer normalmente, porém você perceberá que o seu peludo ficará um pouco desorientado, uma vez que lhe foi tirada a ferramenta que o ajuda na consciência espacial.

Agora que você já sabe o que é e qual a função do bigode de cachorro, siga o seu.dog no Instagram e conheça outras novidades a respeito do seu melhor amigo!