Apesar de boa parte dos cães que conhecemos terem sua origem na América do Norte e na Europa, existem algumas raças de cachorros brasileiros. 

Da mesma forma que nossa população teve a influência cultural e genética dos imigrantes que aqui chegaram, os animais também tiveram.

Alguns dos colonizadores trouxeram seus animais que, com o tempo, foram cruzando e dessa mistura hoje temos cães considerados genuinamente tupiniquins. 

Você consegue identificar algum deles? Continue a leitura e saiba quais são os mais conhecidos.

Quais são as raças de cachorros brasileiros mais conhecidas?

É importante saber que existem órgãos internacionais e nacionais chamados de sociedades cinófilas caninas, que têm como objetivo:

  • registrar os animais, 
  • emitir pedigree, 
  • propiciar aos cinólogos campo de estudo sobre as raças, 
  • auxiliar na criação,
  • promover uma convivência responsável com os bichos,
  • realizar eventos,
  • incentivar a preservação de cada raça.

No Brasil, temos a Confederação Brasileira de Cinofilia, CBC, representante do órgão internacional superior que é a Federação Cinológica Internacional, FCI. 

Para a CBC são reconhecidos como cachorros brasileiros:

Fila Brasileiro

O Fila Brasileiro foi considerado e reconhecido pela FCI como o primeiro cachorro de raça nacional. 

Existem algumas divergências sobre como ele surgiu, mas tem relação com o cruzamento entre os cães grandes que foram trazidos pelos imigrantes para ajudar no trabalho. 

Sua origem pode estar associada principalmente aos cruzamentos do Mastín Leonés (variedade do Mastim Espanhol) e do Cão de Castro Laboreiro que aqui chegaram. 

É considerado um cão de grande porte e de guarda.

Buldogue Campeiro

O Buldogue Campeiro é outro que está entre as raças de cachorros brasileiros e sua origem também não é completamente definida.

A teoria mais cabível é que descende do Buldogue Inglês e do Bull Terrier. Ele é considerado um animal de porte médio e robusto.

O adjetivo campeiro no nome aconteceu porque por muito tempo esse cão foi usado nos campos gaúchos para ajudar a controlar gados. 

Rastreador Brasileiro

Entre as raças de cachorros brasileiros, essa apresenta mais detalhes sobre a sua origem. 

Enquanto o Fila foi o primeiro cão a ser reconhecido internacionalmente, o Rastreador Brasileiro foi o primeiro a ser registrado na FCI como uma raça brasileira.

Ele é mais recente e foi desenvolvido pelo gaúcho Oswaldo Aranha Filho na metade do século XX.

O animal é a combinação das raças: 

  • Foxhound Americano, 
  • Black and Tan Coonhound, 
  • Petit Bleu de Gascogne, 
  • Black and Tan Hound Inglês,
  • Bluetick Hound Americano,
  • Veadeiro Pampeano.

Ele é atlético e muito resistente. 

Ovelheiro Gaúcho

Com aparência semelhante ao Border Collie, ele é considerado uma das raças de cachorros brasileiros mais inteligentes

Ele é originário do sul do Rio Grande do Sul e de parte do Uruguai.

O Ovelheiro Gaúcho é muito valorizado pela agilidade, sendo de grande importância no serviço de pastorear gado e de proteção das terras.

Ainda não foram identificadas de forma definitiva as raças que influenciaram a sua origem. 

Terrier Brasileiro

O Terrier Brasileiro foi criado com a missão de caçar ratos e é considerado como um animal de médio e pequeno porte

Uma das versões da sua origem é de que fazendeiros, entre 1910 e 1920, teriam cruzado as raças Fox Terrier, Manchester Terrier e Terrier Branco, resultando no Fox Paulistinha, como também é conhecido.

Você já sabia que um desses animais era brasileiro? Que tal conhecer agora 9 raças de cachorro em extinção? É só continuar no blog.