Como planejar viagens com cachorro?

Para os amantes de pets, fazer viagens com cachorro é uma diversão em dobro, afinal, aproveitar para conhecer um lugar turístico na companhia do nosso melhor amigo é muito melhor. 

Entretanto, não é tão simples assim, alguns detalhes e cuidados precisam ser bem planejados para que as férias com o dog sejam o mais agradável possível.

No post de hoje, trouxemos dicas para garantir tranquilidade e segurança, para que todos aproveitem os dias de folga, confira!

Como planejar viagens com cachorro?

Se você sonha em fazer viagens com cachorro, já deve ter imaginado como seria divertido brincar com seu cachorro na praia, afinal, essa é uma cena típica de vários filmes e muitos patudos amam esse ambiente. 

A relação praia e cães ainda é um pouco polêmica, mas muitas cidades litorâneas já permitem o acesso dos bichinhos. 

Essas mudanças nos setores turísticos têm ocorrido com frequência, e muitos hotéis, inclusive, já adotam a tendência pet friendly

Antes de colocar o pé na estrada, as dicas são: procurar hotéis e hospedagens que aceitem os pets e dar uma conferida na saúde do patudo. 

A consulta com o veterinário é ideal para verificar se está tudo bem e já aproveitar para ver se a vacinação está em dia. 

Além disso, não se esqueça de:

Ver o meio de transporte

Um dos pontos principais para planejar viagens com cachorro é definir qual será o meio de transporte utilizado durante a viagem. 

Caso a viagem seja realizada por transportes coletivos, como ônibus e avião, o ideal é confirmar com a empresa o que é necessário para o embarque. 

Cada empresa possui critérios, como tamanho das caixas de transporte, peso do animal e exigência de carteira de vacinação, por exemplo. 

Essas condições também podem mudar de acordo com o destino escolhido.

Já em uma viagem de carro, é importante planejar as paradas para o peludo poder caminhar, comer e fazer suas necessidades, por isso, o ideal é não ter pressa. 

Outro detalhe importante é a segurança, os pets devem estar sempre no banco de trás e presos de alguma forma.

Cadeirinhas próprias ou cintos de segurança que prendem na coleira são itens fundamentais. 

E, não se esqueça de nunca deixar o cachorro sozinho no carro

Calcule custos

Assim como em qualquer outro passeio mais longo, no caso de viagens com cachorro, também é necessário calcular os custos. 

Em especial se as viagens forem de avião ou ônibus, as empresas podem cobrar taxas para o transporte de animais, então é bom se atentar a esse detalhe. 

Vale a pena lembrar das despesas que antecedem a viagem, como consulta veterinária, vacinas, comprar caixa de transporte, e outros itens para a segurança e bem-estar do animal.

Além disso, é fundamental fazer uma reserva para emergências que podem ocorrer durante a viagem.

Entenda o comportamento do seu.dog

Viagens com cachorro podem ser um pouco estressantes tanto para os patudos como para os tutores, por isso, é bom ter paciência para entender o comportamento do pet. 

Uma viagem de carro muito longa pode ser cansativa e as paradas são fundamentais para distrair e acalmar o cão. 

Prepare seu cachorro

Se o seu peludo não está acostumado a sair de casa, antes mesmo de fazer viagens com cachorro, é interessante começar a fazer pequenas saídas e passeios para acostumá-lo.

Deixar a caixa de transporte à disposição do pet, e até mesmo deixá-lo a utilizar como casinha, pode ser uma boa estratégia para ele não estranhar o objeto durante a viagem. 

Seguindo essas dicas, vocês farão uma viagem segura e agradável! 

Aproveite também para ler essas dicas de como tirar fotos do dog, para registrar todos esses bons momentos!