Como escolher um canil para comprar meu cachorro?

Se você está pensando em comprar um cão, aposto que está em dúvida sobre como escolher um canil.

Infelizmente, existem vários casos de criadores que buscam apenas o lucro, sem se importar com as condições de vida da mãe dos filhotes e até mesmo com os filhotes em si.

Por essa razão, é importante fazer uma boa escolha de canil, para não acabar contribuindo com esse tipo de violência.

O post de hoje vai dar algumas dicas para você escolher o canil certo para comprar o seu cão. Continue lendo!

Como escolher o canil certo para comprar meu cachorro?

Algumas pequenas ações podem ser tomadas para que você consiga achar um canil que segue os mesmos princípios que os seus.

Visite o canil

O primeiro passo é fazer uma visita no canil que está interessado, buscando prestar atenção em cada detalhe, como a estrutura do local, se está limpo ou não e até mesmo onde os cachorros ficam.

Preste atenção se há comida e água disponíveis para os cães.

Outro ponto importantíssimo da visita é conhecer os progenitores do filhote, normalmente é a mãe que fica no canil. Veja como ela está, parece saudável e feliz?

Vale analisar também qual o acompanhamento veterinário que todos os dogs do local possuem.

Não deixe de perguntar tudo o que quiser e questione sobre os hábitos do canil, como é feita a desverminação, se a vacinação está em dia e tudo mais que você conseguir pensar.

Nesse momento também é uma boa ideia pedir para verificar a documentação do canil.

Todo canil deve ser filiado à Confederação Brasileira de Cinofilia, a CBKC. Dê preferência por canis que estejam filiados há mais tempo.

Durante a visita também é um bom momento para conversar com o criador, questionando seu trabalho.

Pergunte há quanto tempo ele trabalha com isso, como é realizado o cruzamento e até mesmo com quantos dias os filhotes podem ser levados para casa.

Documentos da compra

Se você optar por um canil, mas na hora da compra não tiver nenhum documento para ser assinado, não é confiável!

A compra de um cachorro de raça normalmente envolve um contrato de compra e venda, registro do cachorro, documentos do pedigree, da linhagem e até mesmo um recibo.

O contrato de compra e venda é personalizado, mas, em geral deve constar o registro do cão, a data de nascimento, os dados do criador e o preço do pet.

Em alguns casos, também existem cláusulas retirando a responsabilidade do criador de possíveis ninhadas indesejadas e até mesmo pelos atos do novo tutor.

Por isso, fique atento ao contrato. Leia completamente e, caso não aceite, não assine!

E aí? Já escolheu um canil? Deixe para gente nos comentários!