Você sabe quais são os principais cuidados com cachorro no inverno?

Com as baixas temperaturas, é comum que os peludos queiram ficar mais quietinhos e procurem abrigo junto aos seus tutores.

Isso porque o calor humano ajuda a aumentar a temperatura e a ficarem confortáveis. Mas sabemos que não é possível estar o tempo todo com eles, por mais que a gente queira.

Então, o que fazer para mantê-los aquecidos e saudáveis nos dias em que a temperatura cai?

Confira os principais cuidados com cachorro no inverno e a importância de cada um!

Por que redobrar os cuidados com cachorro no inverno?

Assim como nós, humanos, os cachorros também sofrem com as baixas temperaturas.

Mesmo as raças de locais frios, como os Huskies, devem receber um cuidado especial.

Isso porque, apesar da sua genética e fácil adaptação, eles foram acostumados desde filhotes com o clima do local em que vivem, então temperaturas muito baixas repentinas podem causar desconforto.

Por isso, os cuidados com cachorro no inverno devem ser triplicados para garantir o bem-estar e saúde dos peludos.

Quais cuidados devemos ter com os cães no inverno?

Existem alguns cuidados com cachorro no inverno que são indispensáveis para eles poderem enfrentar os dias mais frios com conforto e segurança.

1. Diminua a frequência de banhos

Claro que a higiene é importante, até mesmo nos dias mais frios. Contudo, procure diminuir a frequência de banhos, optando pela opção a seco, se possível.

Quando realmente necessário, utilize água morna e seque os pelos logo em seguida, para que o cão não pegue friagem.

2. Ofereça um lugar quente e confortável

Garanta que o pet tenha sempre um lugar quentinho e confortável para se abrigar, seja com caminha, coberta ou casinha.

Se o cachorro ficar no quintal, providencie uma estrutura para que ele não fique ao relento. Lembre-se de que eles também sentem frio e ficam doentes.

3. Evite passeios

Claro que o passeio é benéfico para exercitar, distrair e deixá-los tranquilos. Contudo, em dias muito frios, o ideal é evitar essa atividade.

Busque alternativas, como brincar com bolinha em casa, e ofereça brinquedos para que o peludo mantenha-se distraído quando a rua não for uma opção.

Caso o cão só faça as necessidades fora de casa, mantenha a rotina, mas dê passeios mais curtos e proteja-o do frio e garoa.

4. Vacinar contra gripe

Sabia que os cachorros também ficam gripados? Certifique-se de que as vacinas estejam em dia e confira com seu veterinário a necessidade de algum reforço.

Existem ainda vacinas contra gripe para cães, indicadas para os peludos com contato frequente com outros animais, como em hotéis e creches.

Converse sempre com um profissional de sua confiança para verificar a real necessidade e função da imunização.

5. Fique atento à alimentação e saúde do seu amigo

Nos dias mais frios, é comum que os cães usem mais energia para manter a temperatura corporal. Com isso, eles sentem mais fome.

Se necessário, aumente a porção diária para garantir uma alimentação adequada e balanceada.

6. Não tose

Os pelos são uma proteção natural do animal, ajudando a manter a temperatura corporal e protegendo a pele de possíveis danos.

Por isso, quando estiver chegando o frio, é importante deixar que os pelos fiquem maiores, para auxiliar nos cuidados com cachorro no inverno.

Ne necessário, faça a tosa higiênica e apare apenas a ponta das madeixas, deixando para abaixar mais o volume quando o frio cessar.

Seguir esses principais cuidados com cachorro no inverno é essencial para manter ele sempre saudável.

E quando falamos em inverno, o que pode ser melhor que um bom chá para esquentar os dias mais frios? Confira agora mesmo se os cachorros também podem tomar chá!