Quais os animais mais ferozes do mundo?

Para serem definidos como os animais mais ferozes do mundo, é necessário que sejam atendidos alguns critérios.

Por exemplo, a quantidade de mortes de humanos em 1 ano e qual seu maior perigo (veneno, mordida, transmissão de doenças pela picada ou mordida).

E, ainda, se apresentam comportamento agressivo ou representam perigos diante da presença de humanos.

Embora representem riscos, os dois primeiros critérios, por não estarem diretamente ligados à interação específica com humanos, mas a possíveis acidentes e mecanismos de defesa em geral, possuem menos peso.

Entretanto, aqueles que ficam mais agressivos quando próximos aos humanos são normalmente listados nos primeiros lugares como os animais mais ferozes do mundo.

Confira!

Os 7 animais mais ferozes do mundo

Entre os principais animais mais ferozes do mundo estão:

1 – Elefante africano

Não é apenas por ser um dos maiores animais do mundo que os elefantes africanos são considerados como os animais mais ferozes do mundo, mas também pela sua agressividade, pois com suas pisadas podem levar até mesmo os rinocerontes à morte.

O comportamento dessa espécie é conhecido por seus ataques de raiva, agindo de forma vingativa, podendo aniquilar aldeias inteiras no seu momento de fúria.

2 – Crocodilo-de-água-salgada

Um predador brutal, certamente, é o crocodilo-de-água salgada, famoso por comer tudo que encontra pela frente, inclusive búfalos e tubarões.

Com o objetivo de matar sua presa, essa espécie de crocodilo primeiro dá sua mordida, em seguida, faz uso da técnica conhecida como “rolo da morte”, que consiste nas várias voltas que dá com a sua vítima na água a fim de afogá-la e matá-la.

3 – Hipopótamo

Aparentemente o hipopótamo pode até parecer pacífico, porém, mesmo sendo em sua maioria herbívoros, estão na lista dos animais mais ferozes do mundo.

Ou seja, são muito agressivos e existem relatos do ataque desse animal a humanos, mesmo que não tenham sido provocados, chegando a destruir um veículo completamente.

4 – Polvo-de-anéis-azuis

Engana-se quem pensa que um animal que não ultrapassa o tamanho de uma bola de golf não possua um altíssimo potencial mortífero.

O polvo-de-anéis-azuis possui veneno suficiente para matar 26 adultos, é isso mesmo que você leu.

Para piorar, não há antídoto, portanto, se porventura alguém próximo a você for vítima desse animal, tente fazer a ressurreição cardiopulmonar, já que em minutos a pessoa ficará totalmente imobilizada e incapaz de respirar.

A pessoa não sentirá o impacto que a mordida causará, já que estará inconsciente até o momento que o veneno presente no seu corpo seja neutralizado, mas para isso precisa estar amparado por uma respiração artificial. 

5 – Leopardo

Diferentemente da maioria dos animais que, ao se ferirem, se escondem, o leopardo mostra-se ainda mais agressivo nessas circunstâncias.

Além de serem considerados um dos animais mais ferozes do mundo, também são dos mais fortes, sobretudo quando se sentem ameaçados.

Uma atitude muito comum entre esses animais é deixar suas vítimas fora do alcance. Como retratado no canal Discovery Channel, os leopardos costumam arrastar antílopes mortos para atrás das árvores.

6 – Dragão-de-komodo

O dragão-de-Komodo não tem um perfil muito exigente, já que seu cardápio é bem variado, indo de pássaros a búfalos e humanos com facilidade.

Uma característica desse animal é revirar sepulturas rasas para se alimentar dos corpos ali enterrados.

Com seu perfil caçador bastante aguçado, o dragão-de-komodo espera o momento certo da aproximação de sua presa, para depois carregá-las, rasgar-lhes a garganta e esperar até que termine de sangrar.

Dois motivos são decisivos para que os humanos não sejam suas presas mais comuns:

  • a baixa interação entre os dois,
  • pelo fato de essa espécie se alimentar apenas uma vez ao mês.

7 – Búfalo africano

Por não se dar bem com humanos, a domesticação do búfalo africano não alcança sucesso.

A cada ano que passa o número de mortes causadas pelo búfalo africano tem porcentagem maior que qualquer outro animal do continente.

Por esse motivo, tem ficado conhecido também como “viúvo” ou “morte negra”, sendo considerado por isso como um dos animais mais ferozes do mundo.

Conclusão

Certamente, há sempre uma grande curiosidade acerca dos animais mais ferozes do mundo, no entanto, estar de cara com eles é motivo de medo para muitas pessoas.

Mas, existem espécies que são bem mais amigáveis e que estão mais próximas do nosso convívio.

Portanto, se você quer passar um dia em meio à natureza e animais como babuíno, antas, ariranhas, camelos, cachorros-do-mato, entre tantos outros, não deixe de visitar o Zoológico de Sorocaba, um dos mais completos em espécies da América Latina.