Como evitar acidente com cachorro em casa?

Quem tem um bichinho de estimação sabe como é importante fazer de tudo para zelar pela saúde e bem-estar do pet. Mesmo quando tudo parece estar seguro, um acidente com cachorro pode acontecer. 

Não dá apenas para confiar que os animais são inteligentes, afinal de contas, muitas vezes eles agem movidos por seus impulsos e curiosidade, e um segundo pode ser o suficiente para dar algo errado. 

Além disso, por vezes, nós nem sequer pensamos que alguma situação é perigosa e pode acontecer algo até mesmo por uma distração nossa, como esquecer que o cachorro está sozinho no carro, por exemplo. 

Independentemente se foi por falta de atenção ou qualquer outro motivo, precisamos ser responsáveis e estar atentos para evitar que ocorra algum acidente com cachorro. 

E vamos dar algumas dicas para isso no post de hoje! Continue lendo!

Quais os acidentes domésticos mais comuns?

Quando se pensa em acidente com cachorro que ocorre em casa, é importante ressaltar que a grande maioria deles poderia ter sido evitada. 

Um dos principais acidentes ocorre devido à queda de locais altos, que podem ser janelas, sacadas e terraços. 

As quedas podem ocasionar fraturas, lesões internas e externas, e em casos graves levar a óbito. 

A intoxicação também é uma causa muito frequentemente de incidentes. 

Nesses casos, ela pode ocorrer devido à ingestão de produtos químicos, alguns alimentos ou outras substâncias que acabam sendo ingeridas, como medicamentos, resíduos que estavam na lixeira e plantas tóxicas para animais. 

O afogamento pode não ser muito cogitado, mas também é uma causa bem comum de acidente com cachorro, principalmente com os filhotes. 

Eles podem ocorrer tanto em locais maiores, como em piscinas e banheiras, ou até mesmo em locais pequenos, como as bacias e baldes com água.

Para quem mora em áreas rurais ou próximo às florestas, também podem ocorrer acidentes envolvendo outros tipos de animais, como mordidas de cobras

Como evitar acidente com cachorro em casa?

Do mesmo modo que se prepara uma casa para a chegada de um bebê, também é fundamental preparar a casa quando temos um pet. 

O jeito mais fácil de evitar que ocorra algum acidente com cachorro é não dando margem para ele acontecer. 

Já dizia o ditado popular: é melhor prevenir do que remediar. 

Confira algumas dicas para deixar a sua casa ainda mais segura e impedir que qualquer infortúnio aconteça com seu doguinho:

Supervisão

Cuidado nunca é demais! 

Muitos dos problemas que citamos podem ser evitados caso haja sempre alguém de olho no peludo. 

Um rápido momento de distração durante o jantar pode ser tudo que o cachorro precisava para surrupiar comida. 

Se por algum azar do destino o patudo abocanhou um osso de frango, ele pode acabar sofrendo um acidente por causa desse pequeno descuido, por exemplo. 

É preciso estar atento sempre que eles estão circulando livremente pela casa, a supervisão precisa ser constante! 

Proteção em janelas e piscinas

Como já mencionamos, as quedas são um tipo de acidente com cachorro mais comuns, além dos afogamentos.

Justamente por isso é imprescindível a instalação de telas de proteção em janelas e sacadas. 

Para as escadas e também para evitar fluxo em ambientes indevidos, a dica é utilizar portões de segurança nas portas, são fáceis de instalar e muito eficazes. 

Para piscinas, o ideal são as grades e cercas, mas caso não seja possível, existem alguns tipos de lonas de proteção que, quando instaladas, evitam que o cachorro tenha acesso à água. 

Evitar trânsito na cozinha

A cozinha é um ambiente perigoso, onde qualquer pessoa pode acabar se acidentado, com um cachorro perambulando pelo espaço o risco é dobrado. 

Além de atrapalhar quem está cozinhando, o cão pode acabar se queimando, revirar a lixeira e ingerir algo indevido ou se machucando com algum utensílio, enfim, são muitos riscos. 

Fechar a porta ou instalar um portãozinho para não permitir a entrada do peludo nesse local tão perigoso é um ato simples, mas que pode evitar o acontecimento de inúmeros acidentes. 

De qualquer forma, o recado é: muita atenção com o bichinho! 

Eles podem ser inteligentes, mas também são curiosos e isso torna o perigo eminente. 

Para aliviar esse assunto que foi um pouco mais pesado, dê uma conferida nesse post com curiosidades sobre profissões caninas, você vai gostar!